Cozinha ao alcance. Espaços de aproximação e objetos ao alcance para poder cozinhar.

Man climbs CN Tower steps in wheelchair

Escrito por Ricardo Shimosakai

7 de setembro de 2022

Cozinha ao alcance. A cozinha é uma grande oficina de comidas, e para pegar, lavar, cortar e cozinhar todos os alimentos, é preciso que tenhamos um item muito importante para a acessibilidade, chamado de alcance manual. Isso quer dizer que você tem que conseguir alcançar os objetos para poder fazer as operações citadas. Precisa alcançar a torneira para poder lavar, alcançar a panela para poder cozinhar, e assim por diante, para que a cozinha seja acessível.

Somete esclarecendo, no vídeo que está abaixo, eu aproveitei que a cozinha de casa estava em reforma para fazer uma demonstração do alcance na acessibilidade. Então o armário que fica debaixo da pia foi retirado provisoriamente, mas ele não é normalmente assim, e na verdade esse armário atrapalharia muito para que eu pudesse cozinhar. Mas um acordo de família, fez com que eu não precisasse fazer as tarefas da cozinha cotidianamente, eu cuido de outras tarefas da casa. Mesmo não sendo bem acessível, eu consigo me virar quando quero fazer alguma coisa de vez em quando. Por isso eu sempre digo que a acessibilidade numa residência não é obrigatória, são os moradores que irão ditar aonde a acessibilidade é necessária.

Um dos pontos importantes da cozinha é a pia, pois alí são lavados os alimentos e também os pratos, panelas e talheres. Então é importante que haja espaço para aproximação, pois é isso que vai dar condições de alcance. Deixar a parte de baixo da pia livre, pois assim a pessoa em cadeira de rodas consegue chegar perto da pia e abrir a torneira, que preferencialmente deve ser de monocomando, aquelas de modelo de alavanca. Tem que prestar atenção no modelo da cuba, pois algumas são grandes, e podem ficar muito para baixo, e daí irá tirar o espaço da aproximação. Isso também vale para o sifão, ele não pode estar no caminho. Essas dicas valem bastante também para a acessibilidade na pia do banheiro.

Depois de lavar o alimento, geralmente você vai descascar, cortar, amassar, enrolar ou manipular o alimento de alguma forma, e para isso é bom ter um apoio confortável, como uma mesa. Geralmente as pias de cozinha são mais amplas e resistentes para esse tipo de serviço, pois bater numa mesa comum, como é feito para amaciar a carne, por exemplo, poderia danificá-la. Então ter também uma outra parte da pia com espaço embaixo para aproximação, para executar essas tarefas. Tirar esses espaços embaixo da pia, vão diminuindo os locais onde normalmente de guardam panelas e outros objetos, por isso é importante fazer um planejamento geral da cozinha quando se vai implantar a acessibilidade.

Mas então, os espaços do armário na parte de cima são também importantes, e para alcançá-los também será preciso de espaços de aproximação. Em casa, eu deixo os objetos que uso com mais frequência como pratos e algumas tigelas, na parte da frente do armário, pois na parte do fundo é mais difícil alcançar. Existem armário modernos com sistemas eletrônicos que sobem e descem com o apertar de um botão, mas o custo disso é maior. Às vezes quando quero alcançar algo do fundo do armário, pego uma colher de pau longa que serve como uma extensão do meu braço. É claro que uso para pegar objetos que não quebrem, como potes de plástico. Mas como disse antes, na sua casa não existem regras, as condições de alcance podem ser diferentes, dependendo de cada pessoa. Mas existem cozinhas públicas, ou onde diferentes tipos de pessoas podem utilizá-las, como num flat, que são apartamentos como uma residência, mas que são alugados como um quarto de hotel, ou mesmo nas cozinhas ou refeitórios de empresas, também podem ser consideradas cozinhas públicas, e por isso nelas, a acessibilidade deve ser pensada para todos os tipos de pessoas.

A acessibilidade não deve ser considerada como uma regra única, pois existem diferentes tipos de locais ou estabelecimentos, que podem servir para diferentes tipos de tarefas ou operações, onde diferentes tipos de pessoas irão frequentá-la, então se tudo pode ser diferente, por que a acessibilidade tem que ser igual? Na verdade, a acessibilidade tem que ser funcional, e para isso devemos avaliar as possibilidades de cada proposta. Isso eu faço em meu trabalho de consultoria em todos os meus projetos. Se você quer aprender mais sobre o assunto, faça meus cursos online, e não deixe de me seguir no meu perfil do Instagram e no meu canal do YouTube, pois lá tem conteúdos superinteressantes à vontade!

 

Compartilhe acessibilidade

Ajude outras pessoas a se manterem atualizadas com nosso conteúdo voltado para a acessibilidade

Curso Online
Comprar Acervo Digital

Você pode gostar……

Seus comentários são bem-vindos!

0 comentários

Enviar um comentário

" });